AprendizTec

Início » Noticias e Opiniões » O uso do Celular nas escolas

O uso do Celular nas escolas

João Luís de Almeida Machado Doutor em Educação pela PUC-SP; Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP); Professor Universitário e Pesquisador; Autor do livro “Na Sala de Aula com a Sétima Arte – Aprendendo com o Cinema” (Editora Intersubjetiva).

O telefone celular é, certamente, uma das mais celebradas invenções da humanidade. Tornou-se objeto do desejo não apenas no sentido de termos acesso a um aparelho qualquer ou aos serviços a ele relacionados. A constante atualização de seu design e possibilidades técnicas (cada vez mais ampliadas) estimulada por acirrada competição entre empresas poderosas (Nokia, Motorola, Sony Ericsson, LG, Apple…) faz com que as pessoas, no mundo inteiro, troquem de aparelhos com enorme constância.

O uso dos celulares, no entanto, traz não apenas benefícios, mas em alguns casos, gera transtornos e dificuldades. Existe certa “ética” quanto ao uso do celular, que não é explícita, mas oculta e imperceptível, a orientar a maioria das pessoas.

Sabe-se, por exemplo, que em locais públicos, como cinemas ou teatros, é preciso desligar os celulares ou, na melhor das hipóteses, deixá-lo em modo de vibração, para que os demais presentes não sejam incomodados em caso de telefonema. É esperado que as pessoas ajam desta forma, mas nem sempre é o que acontece.

Outra “regra de ouro”, se assim as pudermos chamar, estipula que as pessoas devem utilizar seus celulares sempre de acordo com suas necessidades, sem exageros. Ainda assim, há muitos homens e mulheres que, até mesmo para exibir-se publicamente, ostentam seus modernos aparelhos, realizando o uso indiscriminado da telefonia celular a todo o momento, mesmo naqueles em que não há nenhuma aparente necessidade (ou seja, por motivos totalmente fúteis).

É certo também que existem leis, como aquelas relacionadas ao trânsito, que abertamente condenam o uso de aparelhos celulares pelos condutores de veículos. Estas leis preveem sanções, multas e até mesmo, com o acúmulo de pontos, a perda da carteira de motorista. Mas ande no trânsito em qualquer lugar do Brasil e perceba, ao seu redor, se os motoristas estão minimamente preocupados com sua segurança ou mesmo com as multas que a eles podem ser aplicadas quanto ao uso dos celulares…

O exagero no uso dos telefones celulares, além dos inconvenientes na vida cotidiana, tem ocasionado também problemas invisíveis a “olho nu”, ou seja, que precisariam de microscópios para serem detectados e tratados. Estas dificuldades vão além daquilo que pode ser considerado prejuízo no trânsito, nos cinemas, em locais de trabalho… Refere-se à overdose de informações e de ligação com o mundo (profissional ou pessoal). Tratam-se, portanto, de problemas que estão relacionados a stress, ansiedade, depressão e afins – de fundo psicológico e emocional.

O fato de estarmos “ligados” pelas Tecnologias de Informação e Comunicação, entre as quais temos que incluir os celulares, cada vez mais integrados a todas as redes, não apenas via telefonia, provoca ou estimula problemas psíquicos em todas as faixas etárias, inclusive crianças e adolescentes. É claro que não pode e nem deve ser considerado fator primordial e único para que isto aconteça, mas certamente contribui e reforça sintomas e dificuldades decorrentes de um todo, associado à velocidade e as cobranças cada vez mais acentuadas do mundo em que estamos vivendo.

Nas escolas não é diferente. Há os problemas relacionados à ética quanto ao uso de telefones celulares que, para princípio de conversa, deve começar com os profissionais que atuam nas escolas. Diretores, coordenadores, orientadores, funcionários em geral e, principalmente os professores, devem desligar seus aparelhos quando estiverem trabalhando ou, caso seja muito necessário e acordado com os demais colegas, manter em modo de vibração (silencioso) para que as mensagens e ligações fiquem em arquivo e depois possam ser respondidas.

Em sala de aula, especificamente, o toque de um celular, ainda mais com a variedade de músicas e demais estilos (muitos deles cômicos) pode atrapalhar consideravelmente o andamento das ações previstas pelo professor. Portanto, o exemplo começa com ele e, depois, deve ser combinado com os alunos, seguido das devidas explicações, ou seja, dos motivos que levam a escola (sim, a instituição e não apenas o indivíduo, o profissional) a pedir aos alunos que deixem seus celulares desativados durante o dia de atividades educacionais.

Isto, certamente, inclui a questão do envio de torpedos com mensagens de texto. Esta prática, ainda que silenciosa, tira o foco dos alunos e pode, em muitos momentos, ser utilizada para fins indevidos, como passar respostas em provas ou testes…

Na hora do intervalo, na mudança de professores (período entre uma aula e outra), daí sim é possível que alunos e professores examinem seus celulares para verificar se há mensagens importantes ou telefonemas de retorno necessário. Ainda assim, cabe lembrar que isto não deve se tornar uma “neurose”, ou seja, não devemos nos tornar escravos do aparelho e dos serviços, tendo que a toda hora conferir as mensagens (como já foi detectado, por exemplo, com as pessoas que trabalham muitas horas por dia diante do computador e que se sentem compelidas a ver e-mails, atender comunicadores instantâneos, responder mensagens no Twitter…).

No caso das salas de aula, por outro lado, diferentemente do que se pensa, os celulares não precisam ser vistos apenas como problemas ou dificuldades. Além de canais de comunicação com as famílias e os amigos, ou mesmo entre a escola e os alunos, estes aparelhos podem ainda se tornar elementos de aprendizagem, incluídos em projetos educacionais.

As peculiaridades destes equipamentos, cada vez mais equipados, contando com recursos como câmeras (que fotografam e filmam com boa qualidade de som e imagem), gravadores de áudio, calendários, comunicadores instantâneos (envio de torpedos), calculadoras e tantos outras ferramentas – possibilitam a criação de projetos e ações pedagógicas que não podem e nem devem ser desprezadas.

Entrevistas, criação de banco de imagens, gravação de minidocumentários, elemento de comunicação entre alunos e dos estudantes com os professores, envio de mensagens sobre dúvidas e avaliações, utilização de agendas dos celulares para organização da vida escolar… São algumas das possibilidades de trabalho com o celular em sala de aula. Há inúmeras outras que podem ser pensadas e criadas pelos professores, se transformando em projetos que, com certeza, serão bastante atraentes aos olhos dos alunos!

Neste sentido, chegamos à conclusão de que, ao mesmo tempo em que o celular deve sofrer algumas restrições de uso nas escolas, tanto para permitir um melhor andamento das ações pedagógicas quanto para “desligar” um pouco os alunos do ritmo frenético em que vivemos, é possível tornar este equipamento, tão popular e acessível, igualmente num elemento de trabalho educacional com a criação de projetos que o incluam como ferramenta de pesquisa e produção. Então, que assim seja!

Link da reportagem: planetaeducação


23 Comentários

  1. Eu acho que o uso de celulares nas escolas iriam ser muito legal para o uso de pesquisas e contas ou em casos mais graves ligar para um parente e falar que está doente ou com febre.

  2. kassandra disse:

    eu apoio ouso docelolar para fazercounta dematematica

  3. Michael Lucas disse:

    Eu acho que o celular não pode ser proibido.nas escolas por que ele é muito util para o
    aprendisado das criaças que tem celular em mataerias como matematica ele é uma peça emportate por que tem uma ferramenta que ajuda seu aprendisado

  4. Ricardo disse:

    Na minha opinião eu acho que o uso do celular na sala deve seguir da seguinte maneira se for em caso de emergência o aluno pede para o professor para atender o telefone fora da sala de aula caso contrario se não for emergência o aluno atende ou liga para esta pessoa depois da aula no intervalo por exemplo e também acho que o uso dos celulares mais avançados poderiam ajudar nas matéria para pesquisas de textos tradução de uma palavra ou até celulares simples para matemática calculadora exemplo para ajuda

  5. lazaro disse:

    eu acho que tem uma forma das pessoas ultilisar o celulares e sala de aula como caso de emergencias como dor de cabeça,comvução,e casos de machucados mais serios como um ferimento mais profundos e caso de ponto.Uma coisa no caso de aprendizados como um meio de pesquisa do modo no google,tradutor.

  6. Silmara Santos disse:

    Eu sou a favor dessa lei pois o celular é util em varias situações (Ex: Aulas de Matemática e Ingles) , os alunos poderiam utilizar o celular no assunto de qualquer materia pesquisando na internet, ou até mesmo na hora de emergência para falar com os familiares. O Governo de São Paulo foi errado ao escrever esta lei pois ele apenas pensaram no lado negativo, mas não positivo eles não pensaram em nada.

  7. emilly disse:

    Bom como todos nós vivemos na era da tecnologia , eu sou contra a lei proibir o uso de celulares nas escolas. Acho o celular uma coisa muito útil no nosso dia a dia, sendo que também pode ser um modo de aprendizagem nas escolas, como os celulares de hoje são mais avançados, simplesmente pesquisar um texto fazer um trabalho ficaria super mais fácil e rápido.

  8. yuri disse:

    eu acho que pode ussa p celular na sala de aula para fazer conta de matematica fazer pesquisa se o celular tive internete.

  9. yuri disse:

    tem celular que pode ajuda na aula de ingles

  10. yuri disse:

    eu acho que o celular pode ser fonte de pesquisa

  11. Juliana cerqueira disse:

    O uso de celulares nas escolas é uma regra. Poucos a respeitam como deveria ser respeitada. Por exemplo eu, confesso, eu a aceito mas não a respeito como deveria pelo motivo de que celular e algo viciante, não posso ficar sem mandar torpedos, ouvir música, sem conversar com amigos e sem internet. O problema e que tira o foco dos alunos, como diz no texto os “desliga”.
    O celular hoje é algo que tira atenção dos jovens, até mesmo dos adultos. Não só o celular outros aparelhos eletrônicos também.
    Por isso concluo que celulares devem ser proibidos, mas para melhor resultado o aluno também deve concordar, o que não acontece.

  12. Mirela Alves Pereira dos Santos disse:

    Eu acho que o uso dos celulares na escola é um assunto favorável, é bastante útil. Com os celulares, ajuda na forma de aprendizado em varias partes na escola, como: acessar a internet para pesquisas, etc; o uso da calculadora ajuda bastante caso seja permitido pelos professores. O celular não só ajuda no levantamento escolar (aprendizado) e sim ajuda, com algo q possa acontecer com a família e queira ter uma comunicação emergencial ….

  13. isabelle disse:

    Eu acho que o uso do celular na escola não deveria ser proibido mais sim em quanto os alunos ou professores tiverem em hora de aula.
    O uso do celular seria legal para (Pesquisas, Dicionário, Calculadora e etc).
    Eu acho que o uso do celular deveria ser utilizado no (Intervalo, Aula vaga, etc)…

  14. Eu acho que e injusto que os professores atende os celulares e os alunos não, minha professora de matématica atendeu, o celular dentro da sala nem saio da sala para atender o no minimo pergun ta para nós se ela pode atende o celular a ligação durou so sugundo.
    Ela não saio para atende o celular no corredor, por a direto estava verificando as sala que estava em aula vaga se diretora vesse ela atendendo dentro da sala a diretora desconto por cemto do salario da professora.
    Os alunos fico gritando não pode atender celular na sala.
    Eu acho a sim se eles pode atender o celular dentro da sala nós alunos tambem pode essa lei foi para todo mundo concluir não só os alunos.
    c

  15. Stefany disse:

    É eu acho que seria muito legal e interessante ,Mais também é uma coisa muito necessária em caso de emergência com os familiares, em caso seria muito útil para todos nós(Professores,Diretores,alunos e etc).
    E também seria legal para (Pesquisas,Calculadoras,Dicionários e etc)Para o nosso aprendizado em sala de aula.

  16. Francilene Cristina Aragão Costa disse:

    na minha opnião o uso de celular na escola pode até ser liberado mais em caso de emergencia
    caso precisar falar com algum familiar,pesquisas,trabalhos para entregar,e etc…
    mais ao contrario deveria ser proibido porquê as vezes celulares causa muitas polemicas e acaba gerando confusão e atritos, muitos alunos tiram fotos inadequadas em salas de aula ou até em outros lugares da escola e acaba arrumando confusão porquê muitas das vezes essas fotos são divulgadas em redes sociais.

  17. weslei disse:

    eu acho que o telefone celular deveria ser usado em outros locais e não nas escolas, devido a nova lei que foi concretizada nas escolas,mas acho que o telefone celular pode ser um meio de ajuda para a aprendisagem, e devido a muitas reclamações de alunos reclamando dos professores essa lei deveria pegar mais no pé deles e evitar que eles continuem usando o celular porque os alunos se sentem ofendidos e todos eles continuam usando o telefone celular.

  18. Pamela cea2-t disse:

    Eu acho que o uso de celular nas escolas são muitos importantes, porque tem muitas coisas para ser ltilizadas como.a rede de internet para poder fazer pesquisas ver qual o significado de alguma palavras, a calculadora para poder ver se as contas estao certas como na aula de matematica. e outra coisas mais .tambem pode ser uso como para se comunicar com a sua familia que teve alguma coisa de grave.

  19. Raissa Ferreira disse:

    eu acho que nao poderia ser proibido o uso de celulares na escola porque pode ser utilisado no caso de emergencia como,se voce estiver mal ligar para seus pais,porque muitas vezes as pessoas vão na secretaria e pede para ligar e o numero que esta na ficha nao esiste mais
    muitas vezes também pode ser utilizado para calculadora se a gente nao tiver tabuada

  20. Yuri B. disse:

    eu acho que pode usa como for para pesquisa o para traduzir
    mas se não for para pesquisa ai não pode

  21. Gabriela Braga Bezerra disse:

    Não, podemos levar os celulares, porque nos alunos podemos perder.E os professores pode levar que eles nâo vão perder

  22. bom, já eu acho que a regra nas escolas servem para todos os funcionários e alunos, e mesmo assim ha alguns professores não respeita essas regras, atendem o celular na sala de aula no meio de matéria, e nos os alunos ficamos parte da matéria sem entender

  23. luiz disse:

    eu apoio o uso de celular nas escolas para pesquisas e usar a calculadra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: