AprendizTec

Início » Projetos Educativos » Uma câmera na mão, uma história para contar

Uma câmera na mão, uma história para contar

Será que o cotidiano nos cega?

Quantas vezes deixamos de ver aquilo que está a nossa frente?

Sempre passando pelos mesmos lugares, com as mesmas pessoas, na mesma hora. Tudo parece igual? Nada parece diferente?

Estas perguntas foram feitas para educandos com idade entre 11 a 14 anos que participaram do projeto “Retratos da Nossa Comunidade”.

Nosso objetivo: retratar a realidade da comunidade, ampliando a visão social e as ações coletivas que possibilitem o desenvolvimento da crítica cidadã.

O objetivo parece complexo demais, mas a intenção não!. Munidos de máquinas fotográficas digitais e celulares, os educandos “passearam” pelas mesmas ruas que caminham todos os dias mas, com um olhar diferente, captaram aquilo que antes passava despercebido.

Os temas escolhidos: contrastes, direito dos animais, lixo e reciclagem, primavera na comunidade, saneamento básico, expressões de rua, entre outros.

Caminhando por ruas estreitas, muitas vezes sem calçadas, os jovens puderam ver realmente como é a sua comunidade. Não com um olhar negativo, mas com um olhar crítico e cidadão.

Não importa o lugar, a impressão é a de que cada detalhe é importante e, o caminho antes percorrido em minutos, leva-se um longo tempo para ser finalizado.

Fotos, muitas fotos foram tiradas e, cada uma, revelava um pouco das características da comunidade.

Nos muros, pichações e grafites (expressões de rua), uma forma das pessoas expressarem seus sentimentos e suas opiniões.

Nas calçadas, quando existem, são tomadas pelo lixo e revelam a falta de organização do espaço.

Nas ruas, animais abandonados em busca de um lar.

No horizonte, o contraste capital entre ricos e pobres.

E a natureza? Forte! não importa o local, em um encanamento mal feito ou as margens de um rio poluido, lindas flores nascem.

O projeto “Retratos da Nossa Comunidade” poderia continar por vários meses mas, o tempo não permitiu.

Como resultado, conseguimos “congelar” momentos interessantes, para serem revistos quantas vezes quisermos e, talvez, daqui há alguns anos, possamos comparar o antes e o depois, refletindo sobre as mudanças positivas ou negativas ocorridas.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: